Facebook

“ O Espantalho Sai À Rua”

O uso de espantalhos em plantações começou há mais de 5 mil anos, no Antigo Egito. Na época, um dos grandes vilões das colheitas eram as aves. Foi então que os fazendeiros criaram armações de madeira com redes por cima, que serviam para tentar afastar as aves – mas caso elas se aproximassem demais, acabariam presas nas cordas e acabariam por morrer. Esta “arte” dos espantalhos caiu em desuso nos nossos dias e por isso tivemos o privilégio de recriar esta arte, através da iniciativa da Biblioteca de Fornos de Algodres que nos propôs este desafio da construção de um espantalho. O nosso espantalho apelidado de “Maria Alice” foi construído pelos nossos idosos, dando cada um o seu gosto pessoal. Vejam como ficou engraçado o nosso espantalho e a boa relação que existiu logo entre ele e os nossos idosos. Adorámos a experiência e agradecemos a iniciativa. Agora serão expostos pela Vila de Fornos de Algodres. Não hesitem em dar uma espreitadela!